Receba oportunidades por e-mail

Qual motor de popa é o mais recomendado para o seu barco?




Radar
17/03/2011

Da potência ao conforto da embarcação. No momento da escolha de um barco o motor deve ser um item cuidadosamente escolhido pelo futuro proprietário.

Já é sabido que para cada tipo de lazer há um motor de popa mais indicado. Geralmente o motor varia de acordo com cada estaleiro. Barcos de 30 pés, por exemplo, podem acoplar parelha de motores (dupla de motores) entre 175 a 200 hp.

Se você gosta de esportes aquáticos ou quer ter uma lancha rápida para passeios o recomendado são os motores com maior potência. Caso opte por uma lancha para um passeio em família, sem necessidade de alta velocidade, vale verificar a quantidade de pessoas que serão transportadas para não deixar a lancha lenta e consumindo muito combustível. As dicas são de Alexandre Cardoso, gerente de Vendas da Celmar Boats, de Caraguatatuba, litoral Norte de São Paulo.

Após a escolha é preciso analisar a manutenção do motor. Segundo Cardoso todos os motores no período de garantia tem um cronograma de revisões que varia de marca para marca e deve ser seguido:

“A maioria dos motores tem seu período de revisão, quando ainda está na garantia (que dependendo do fabricante pode chegar a três anos), de 20 horas ou três meses, 50 horas ou seis meses e 100 horas ou um ano. Fora da garantia o ideal é uma revisão a cada 50 horas ou no período de seis meses”, explica.

Outra dica para a boa conservação do seu motor de popa é sempre utilizar os óleos recomendados pelo fabricante e abastecê-lo com combustível de boa procedência, além, é claro, de manter as revisões sempre em dia.

As marcas Mercury, Yamaha e Evinrude são as mais conhecidas e, de acordo com Alexandre, esses são os melhores motores importados existentes hoje no mercado nacional:

“Elas tem boa rede e facilidade de assistência técnica, garantia e fácil manutenção de peças”, ressalta.

Na hora de escolher um motor de popa de dois ou de quatro tempos é bom analisar qual a finalidade da embarcação. Motores de dois tempos são mais simples têm injeção direta de combustível e aceleração superior a de um motor de quatro tempos. Já o motor de quatro tempos tem grande economia de óleo, menos barulho e maior durabilidade.

Hoje em dia os motores de popa são mais tecnológicos do que os de alguns anos atrás. Atualmente, a tecnologia de injeção eletrônica é a mais usada:

“Agora o que era manual, tornou-se eletrônico. Os motores EFI (eletronic full inject) e DFI (direct full inject) são os mais procurados e vendidos”, garante Alexandre.

Preços

O valor de um motor de popa depende da potência e da marca:
“Motores de mesma potência, de marcas diferentes e tecnologia avançada (tanto dois quanto quatro tempos) tem uma diferença de valor que pode variar de 10 a 15% de um para o outro”, finaliza Alexandre Cardoso, gerente de Vendas da Celmar Boats.


Bruna Sales para Bombarco
Foto: Bombarco