Receba oportunidades por e-mail

Como tirar habilitação?




1º Barco
01/01/2012

É obrigatório para o condutor de um barco de lazer ter carteira de habilitação emitida pela Marinha na categoria veleiro, Motonauta, Arrais, Mestre ou Capitão-Amador. A mais comum é a de Arrais-Amador, que permite conduzir embarcações a vela ou motor em águas interiores (rios, represas, baías, etc.).

Atualização: Saiba tudo sobre as novas regras para tirar o certificado de embarcado!

 

A partir do dia 02 de julho deste ano passará a valer as alterações feitas pela Marinha do Brasil no processo para tirar a Carteira de Habilitação Amador (CHA). Desta data em diante, os interessados em conseguir a carteira de Arrais terão que apresentar um atestado de embarcado comprovando que possui no mínimo 10 horas de tempo a bordo, além de pagar a taxa e apresentar todos os documentos necessários para tirar a carteira.

Já aqueles que quiserem pilotar motos aquáticas, terão que se matricular em marinas, iates clubes ou centros náuticos credenciados para fazer o curso de quatro horas de aulas práticas exigido para os pretendentes a carteira de Motonauta.

O comandante Geraldo Luiz Miranda de Barros, autor de diversos livros de formação náutica, entre eles “Navegar é Fácil” (ver bibliografia), acha imprescindível uma preparação teórica sólida, mas não descarta a necessidade do conhecimento prático na formação de um bom navegador: “Sempre falo para meus alunos que, logo depois de formados procure navegar com amigos mais experientes”, disse em entrevista à Revista Náutica.

CURSOS DE FORMAÇÃO

Em todo o Brasil existem cursos de formação de condutores de barcos a motor e a vela. Os clubes e as marinas, quando não oferecem aulas, costumam indicar bons cursos. Veja abaixo o que o aspirante a cada categoria precisa aprender para obter a habilitação:


Arrais Amador:

Nomenclatura náutica, normas e leis de trânsito no mar, combate a incêndio, primeiros socorros, introdução às cartas náuticas e regras de governo de embarcações.  Condução de barcos a remo, vela ou motor nos limites da navegação interior (água doce e águas marítimas abrigadas, como canais e baías). Idade mínima para prestação de exame: 18 anos.


Mestre Amador:

Navegação costeira (baseada em pontos notáveis como faróis e ilhas) e estimada; leitura de cartas náuticas, declinação magnética, desvio da agulha, navegação concorrente, marcações e instrumentos náuticos. Condução de barcos a remos, vela ou motor entre portos nacionais e estrangeiros nos limites na navegação costeira (até 20 milhas ou 7 km da costa). É necessário ter habilitação de Arrais-Amador.

Capitão Amador:

Navegação astronômica e eletrônica; meteorologia estabilidade da embarcação.  Condução de barcos a remos, vela ou motor entre portos nacionais e estrangeiros, sem limite de afastamento da costa. É necessário ter habilitação de Mestre-Amador.

Motonauta:

O curso é praticamente igual ao de arrais. Condução de jets nos limites da navegação interior. Idade mínima: 18 anos.

Veleiro:

Noções gerais de navegação. Os cursos habilitam apenas a velejar em caráter de lazer ou competição.

Navegação interior em veleiros monotipos (com menos de 6 metros de comprimento, fabricados em série) sem propulsão a motor. Idade mínima: 8 anos (os pais respondem sobre por questões legais sobre o uso do barco). Não há exame. Os próprios cursos encaminham suas listas de aprovados para a Marinha.

 

Veja também:

 

Fonte: Acobar